Parceiros



Roberto e Erasmo acompanham a votação sobre direitos autorais
Jovem Guarda
Qui, 04 de Julho de 2013 00:00



O rei Roberto Carlos parou literalmente a cena no Senado Federal na tarde nessa quarta-feira (3/7). Ele, junto com um grupo de artistas, acompanhou a votação na Comissão de Constituição e Justiça da Casa sobre projeto de lei que determina novas regras para arrecadação e distribição de direitos autorais.

Além do rei, estiveram no Senado, Caetano Veloso, Carlinhos Brown, Roberta Miranda, Erasmo Carlos, Otto, Rogério Flausino e Jorge Vercillo, entre outros. O texto aprovado na CCJ estabelece que 85% da arrecadação passem a ser distribuídos aos titulares dos direitos, entre eles compositores e intérpretes.

Roberto Carlos não quis falar ao sair da reunião com Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado. Sua presença, entretanto, atraiu uma pequena multidão de jornalistas e funcionários da Casa interessados em se aproximar do rei. O cantor apenas distribuiu beijinhos e um sorriso momentos antes de entrar no carro que o levou embora.

O texto aprovado na CCJ foi o substitutivo de Humberto Costa (PT-PE), que assegurou o Ecad (Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais) como órgão arrecadador. Também pelo texto de Costa, o Ministério da Cultura passará a fiscalizar os montantes arrecadados.

Como a proposta foi aprovada com urgência o que cria a possibilidade de que o texto seja votado no Plenário nessa quarta. O tucano Aloysio Nunes defendia a tramitação do projeto de lei em outras comissão, como a Comissão de Educação.
Comentários
Adicionar novo Busca
Escrever um comentário
Nome:
E-mail:
 
Título:
 
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

3.26 Copyright (C) 2008 Compojoom.com / Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

 

Visite Também!



Parceiros