Parceiros



Roberto Carlos planeja lançar CD de inéditas
Jovem Guarda
Sáb, 03 de Março de 2012 12:36




Roberto Carlos deu uma boa e uma má notícia a seus fãs ontem, na entrevista coletiva anual que convoca a bordo de seu cruzeiro, "Emoções em Alto Mar", este ano em sua oitava edição. A boa é que ele está trabalhando para que saia em 2012 o CD de inéditas aguardado desde 2004. A má é que não pretende liberar tão cedo seu primeiro e renegado disco, "Louco Por Você", de 1961, retirado do iTunes a seu pedido por conta da baixa qualidade do som original.

O último CD de músicas novas data de 2003. A partir daí ele rompeu com a tradição de um lançamento a cada Natal. "Chegou um ponto em que eu achei que não deveria mais lançar um disco por ano, e sim fazer discos mais trabalhados, a cada dois ou três anos. Muita coisa aconteceu que eu não consegui fazer nem isso", disse Roberto, negando a hipótese de que a decisão tenha a ver com a crise da indústria fonográfica.

"Eu nunca acho que o disco está pronto. Eu abandono quando não aguento mais a pressão do Dody (Sirena, seu empresário, a seu lado na entrevista) e da Sony (sua gravadora)", brincou, em alusão ao conhecido perfeccionismo. Pelo mesmo motivo, disse que ainda pretende remasterizar "Louco Por Você" para, enfim, reapresentá-lo ao público. "Eu sempre fiquei esperando a evolução da tecnologia para melhorá-lo. Assim que tiver tempo, talvez me empenhe em fazer. Seria só uma curiosidade (para os fãs)".

Dody informou que para o fim de março está programado o lançamento de outros produtos aguardados - o CD, DVD e Blu Ray "Ao Vivo em Jerusalém" -, que haviam sido prometidos para o Natal passado. Como Roberto cantou no show de Jerusalém em cinco idiomas, a Sony irá lançá-los mundialmente (o que é inédito em seus 52 anos de carreira).

O cantor embarcou sábado no navio, no porto de Santos, e para lá retorna na quarta-feira. Com 3.780 passageiros a bordo, o Costa Pacífica é idêntico ao Costa Concórdia, que naufragou dia 13 de janeiro na Itália, matando 17 pessoas, e no qual o cruzeiro de Roberto foi realizado duas vezes. Roberto - que viaja sempre com o mesmo comandante, Michele Di Gregorio - comentou o acidente: "Aquela cena me tocou muito, foi muito triste. Mas não fiquei receoso de embarcar. Eu me sinto muito seguro, entendo um pouco de navegação, sou um homem do mar."

No primeiro show realizado no navio, no sábado, Roberto cantou o hit "Ai, Se Eu Te Pego", de Michel Teló: "Ele é um fenômeno, está de parabéns. Eu tenho o mesmo gosto do público". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Adicionar novo Busca
Escrever um comentário
Nome:
E-mail:
 
Título:
 
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

3.26 Copyright (C) 2008 Compojoom.com / Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

 

Visite Também!



Parceiros