Parceiros



Ovacionado, Roberto Carlos conquista as fãs no Rio
Jovem Guarda
Qua, 14 de Dezembro de 2011 03:28




O cantor mais famoso do Brasil provou estar em ótima forma durante show no Citibank Hall, no Rio de Janeiro, na noite dessa sexta-feira. Roberto Carlos cantou por cerca de duas horas os seus diversos sucessos da longa carreira para felicidade da plateia, composta em sua maioria por casais de idosos e mulheres de meia idade.

O rei, como é conhecido, apareceu no palco pela primeira vez com 45 minutos de atraso. Ao som de É Preciso Saber Viver Roberto Carlos ouviu de algumas fãs gritos de "lindo!". Quando a orquestra comandada pelo maestro Eduardo Lages parou de tocar a primeira canção, mais berros de "lindo!" foram ouvidos.

Como já é de praxe, Roberto vestia roupas de tom claro, um terno branco. A música Emoções tocou o coração das senhoras mais sentimentais. Na primeira parte da apresentação, o cantor conversou com o seu público fiel. "Que prazer ver vocês aqui mais uma vez no Rio de Janeiro. Obrigado pelo carinho de vocês desde que eu nasci. E olha que isso faz bastante tempo. Gostaria de dizer muitas coisas no início do show, mas o meu negócio é cantar", descontraiu Roberto.

Sempre muito aplaudido após cada canção, o rei se curvava em agradecimento pelo carinho. Durante a música Além do Horizonte, ele foi acompanhado em coro pelos fãs, assim como em outras canções. Para cantar Detalhes, Roberto Carlos exibiu seu charme sentado em um banco e tocando violão.

Outro momento de grande emoção no show aconteceu quando ele cantou Lady Laura, uma homenagem sua à mãe, que faleceu no ano passado. "Quando eu fiz esta canção, fiz com muita alegria. Hoje a canto com mais alegria ainda", disse.

Antes de relembrar a música Proposta ("eu te proponho nós no amarmos, nos entregarmos"), o rei revelou como surgiu a ideia de compor a canção. "Certo dia, eu me perguntei: 'cara, o que está faltando falar nas canções de amor que eu escrevo?' Percebi que faltava sexo. Mas como falar de sexo? Pensei: 'vou ficar falado na minha rua, no meu prédio...' Mas não existe coisa melhor do que sexo com amor. Em segundo lugar, sexo. E em terceiro lugar, sorvete", afirmou.

Quando o show começava a se aproximar do fim, Roberto Carlos fez questão de apresentar cada músico integrante da banda que o acompanha. Segundo ele, alguns estão no grupo "desde o fim da Jovem Guarda". Em seguida abriu espaço para as músicas que cantava com Erasmo Carlos e Vanderléia, como É Proibido Fumar, Namoradinha de um Amigo Meu, entre outras.

Uma imensa fila de mulheres afoitas por uma rosa beijada por Roberto Carlos foi formada na casa de shows em Emoções. O tumulto atrapalhou a visão de quem estava sentado na parte de trás. Mas o momento que já virou tradição nos shows do cantor só aconteceu após os acordes de Jesus Cristo, a última música da apresentação. "Obrigado por tudo. Eu amo vocês", finalizou Roberto, antes de distribuir dezenas de flores vermelha e branca.

Fã do rei, Thaís Dias, psicóloga, 23 anos, conseguiu pegar uma das flores jogadas por Roberto. "É muita emoção pegar uma flor jogada por ele. Não esperava por isso, pois tinha muita gente tentando. Levei até tapa, mas valeu a pena", afirmou.

A professora aposentada Maria Lúcia Castro, 61 anos, que adora a música Detalhes, elogiou a técnica do show. "Eu gosto muito dele. Todos os shows do Roberto são um espetáculo. Adorei os jogos de luzes do palco. Já peguei a flor em outra ocasião. Hoje não quis tentar porque tinha muita gente lá na frente", disse Maria Lúcia.

Comentários
Adicionar novo Busca
Escrever um comentário
Nome:
E-mail:
 
Título:
 
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

3.26 Copyright (C) 2008 Compojoom.com / Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

 

Visite Também!



Parceiros